Mais Imagens

Cama hospitalar elétrica 9 mov. - Desematec

Em estoque

R$8.690,00

Em até 10x de R$ R$869,00

ou R$8.255,50
com desconto no boleto
OU
Consulte o valor do Frete :

Descrição Rápida

Cama Hospitalar Elétrica com 9 Movimentos Injetada 


Cama Hospitalar motorizada com 9 Movimentos Injetada  foi desenvolvida para sustentar usuários com até 200 Kg.


A Cama Articulada Eletrica com 9 movimentos possui leito construído em longarinas de Aço ASTM A36 de 3mm perfilados em U. Base tubular 50 x 30 x 1,5 mm com pés recuados revestida por carenagem plástica de alta resistência com acabamento em gel-coast.


Movimentos da cama eletrica com 9 movimentos : Fowler, Semi-Fowler, Sentado, Flexão de Pernas, Vascular, Cardíaco, Elevação de Leito, Trendellemburg e Proclive 


Detalhes

Cama Hospitalar Elétrica com 9 Movimentos Injetada 

Cama Hospitalar motorizada com 9 Movimentos Injetada  foi desenvolvida para sustentar usuários com até 200 Kg.

A Cama Articulada Eletrica com 9 movimentos possui leito construído em longarinas de Aço ASTM A36 de 3mm perfilados em U. Base tubular 50 x 30 x 1,5 mm com pés recuados revestida por carenagem plástica de alta resistência com acabamento em gel-coast.

Estrado articulado em chapa de aço de 1,0 mm de espessura.  Quatro pontos para suporte de soro bem como quatro parachoques nos quatro cantos da cama.

Cama Hospitalar Elétrica com 9 Movimentos Injetada possui pintura Tratada com sistema antiferruginoso por fosfatização, possuí acabamento em pintura eletrostática a pó com resina epóxi-poliéster, polimerizado em estufa, de excelente resistência química e mecânica

As Grades da Cama Articulada Motorizada são fabricadas em  polietileno injetado ABS termoplástico de alta resistência dispostas na cabeceira e peseira, com sistema de retração linear, através de amortecedor pneumático que permitem o recolhimento para baixo leito, facilitando a transferência do paciente, com sistema de segurança trava e destrava. 

A cama hospitalar eletrica acompanha rodízios de polipropileno com o tamanho de 4cm  revestidos de pvc de dureza 80 shore,o  rolamento da roda e  rígidos de esferas 6003ZZ, com freio de dupla ação em diagonal que bloqueia o giro do cabeçote acionando o travamento da roda.

 

Dimensões da Cama Hospitalar Elétrica com 9 Movimentos 

  • Comprimento: 2,03 cm;
  • Largura: 93 cm;
  • Altura: mínima de 52 cm e máxima de 80 cm;
  • Dimensões do leito: 90cm x 200cm;
  • Altura do leito 52 cm a 80 cm. 
  • Peso: 65kg

 

Características da Cama Hospitalar Motorizada com 9 movimentos:

  • Estrutura em aço carbono;
  • Estrado de chapa de aço (0,6 mm de espessura), em estrutura de cantoneira;
  • Pintura eletrostática em epóxi-pó na cor branca;
  • Rodízios de 4” com freios de ação dupla na diagonal;
  • Capacitate maxima de 200 kg;
  • Movimento motorizado automático, com uso de controle remoto;
  • Cabeceira em plástico injetado com suporte metálico de encaixe fácil;
  • Sistema de elevação do lastro, proporcionando comodidade para o paciente e cuidador. 

 

Motor da Cama Hospitalar Elétrica com 9 Movimentos Injetada:

  • Fabricado com os  mais altos padrões de qualidade;
  • Totalmente silencioso e potente;
  • Fabricado na voltagem 220 ou 110, podendo ser ligado, sem preocupação, em qualquer lugar e ambiente;
  • Possui  autonomia de emergência de 5 minutos ( em caso de queda de energia repentina). 

 

Movimentos da Cama Hospitalar Elétrica com 9:

Movimentos da cama eletrica com 9 movimentos : Fowler, Semi-Fowler, Sentado, Flexão de Pernas, Vascular, Cardíaco, Elevação de Leito, Trendellemburg e Proclive 

1° - Posição de Fowler é uma posição semi-sentada em ângulo 45º. É usada para tratamento de pacientes com dispnéia, após cirurgia de tireóide, abdominal e/ou cardíaca. Essa posição afasta os órgãos abdominais do diafragma, aliviando a pressão sobre a cavidade torácica e permitindo que os pulmões se insuflem de maneira mais eficaz, melhorando a relação ventilação/perfusão pulmonar, diminuindo as áreas de shunt pulmonar. A posição Fowler, ainda, permite que o paciente se alimente com maior facilidade. 

Semi-fowler ou cabeceira nesta posição, a cabeça também fica mais alta que os pés, mas as pernas não ficam flexionadas. Além, dos benefícios do movimento Fowler de Dorso, é indicada para casos de insuficiência arterial nas pernas (região abaixo dos joelhos), pois evita que as artérias dobrem, provocando uma melhora na circulação.

.

3° Posição Sentado é posição com a cabeceira posicionada a 90° em relação ao resto do leito. É muito utilizada em pacientes críticos, por aumentar a zona de aposição diafragmática e melhor eficiência ventilatória.

4° Flexão de Pernas esta posição é aquela em que o paciente fica em decúbito dorsal, somente com as pernas flexionadas. Movimento de flexão de pernas até um ângulo de 35 graus, com nivelamento da seção dos pés em relação ao plano horizontal do leito, Auxilia na drenagem venosa e linfática dos membros inferiores.

 

 Posição vasculhar e similar a posição de flexão de pernas porem com um ângulo de inclinação de superior Movimento de flexão de pernas até um ângulo de 45 graus, com nivelamento da seção dos pés em relação ao plano horizontal do leito, através de controle remoto Auxilia na drenagem venosa e linfática dos membros inferiores.

 

 Posição cardíaco esta posição é aquela em que o paciente fica em decúbito dorsal, inclinada cerca de 30 graus e as pernas também ficam levemente flexionadas. Proporciona uma redução do retorno do sangue venoso nos membros inferiores, bem como o aumento do retorno nos membros superiores, melhorando assim a relação ventilação/perfusão.

 

7° Posição Trendellemburg  é aquela em que o paciente fica em decúbito dorsal, inclinado cerca de 12 graus, com a cabeça numa posição inferior aos pés. É indicada para pacientes que realizaram cirurgias na região pélvica, em estado de choque, com tromboflebites, em casos em que se deseja uma melhor irrigação cerebral e drenagem de secreção pulmonar.

 

 

8° Posição Proclive e a  posição Reverso de Trendelenburg é aquela em que o paciente fica em decúbito dorsal, inclinado cerca de 12 graus, com a cabeça numa posição superior aos pés sem que haja a flexão do dorso ou membros. Indicada para melhorar a circulação nos membros inferiores.

 

  •  Posição - Elevação horizontal do Leito -  é uma posição que conta com a elevação de toda a estrutura da cama. Dessa maneira, é possível reduzir a altura da cama até sua altura mínima (52 cm), o que facilita o "sair" e "entrar" do paciente na cama hospitalar. Já a elevando à sua altura máxima (80cm), auxilia no cuidado do paciente, proporcionando a quem cuida uma posição ereta (evitando dor nas costas ou no corpo do cuidador

Cama Hospitalar Elétrica com 9 Movimentos Injetada não acompanha colchão. Indicamos o Colchão Hospitalar D33 com capa de corvin impermeável, especificado abaixo:

  • Densidade 33 – Medindo 90 x 190 x 10 (C,L,A);
  • Densidade 33 – Medindo 90 x 190 x 12 (C,L,A)
  • Densidade 33 – Medindo 90 x 190 x 14 (C,L,A)

 Obs: Lembrando que quanto mais alto for o colchão menor ficará a altura da Grade de Proteção.

Tratada com sistema antiferruginoso por fosfatização possuiu acabamento em pintura eletrostática a pó com resina epóxi-poliéster, polimerizado em estufa, de excelente Resistência química e mecânica

 

Informações Adicionais

Informações adicionais

video Não
Marca Desematec
Frete Gratis Não
Medidas Medidas da Cama:
  • Comprimento: 203 cm
  • Largura: 93 cm
  • Altura: mínima de 45 cm e máxima de 80 cm
  • Dimensões do leito: 90cm x 200cm
  • Altura do leito:45 cm a 80 cm
  • Peso: 65 kg
  • Densidade 33 – Medindo 90 x 190 x 10 (C, L, A)
  • Densidade 33 – Medindo 90 x 190 x 12 (C, L, A)
  • Densidade 33 – Medindo 90 x 190 x 14 (C, L, A)
  • Materiais Aço de Carbono
    Capacidade Até 200 kg
    Cores Branco
    Extras Não

    Comentários

    Queremos saber sua opinião

    Produto: Cama hospitalar elétrica 9 mov. - Desematec

    Como você avalia este produto? *

      1 estrela 2 estrelas 3 estrelas 4 estrelas 5 estrelas
    Qualidade
    Preço
    Avaliação Geral

    Tags do Produto

    Tags do Produto

    Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.